11/07/2013

Livro: A Seleção

Boa tarde, babys! ♥
Hoje eu venho falar de um livro, na verdade uma coleção, que é A Seleção. Devo confessar que quando comecei a ler, não esperava muito, eu pensei "ai, romantiquinho, não gosto disto", mas ai depois eu fui vendo uma grande história, e o quanto o livro é legal. Eu já tinha A Seleção há um tempo, e se você começou a ler e ainda não achou grande coisa, acalme. Só fica legal quando começa mesmo A Seleção, quando elas entram no palácio. Sobre a coleção, já foram lançadas depois A Elite, em que há somente 6 pessoas, e pode se preparar: Eu chorei rios neste livro! Depois, se você quiser, você pode ler O Princípe, que na verdade é um livro em que quem narra é o próprio principe, é um livro 1.5, e mostra como ele viu algumas das meninas, inclusive Celeste, America, e o pior: Kriss. É um livro bem pequeno, e acredito que você só pode encontrar na internet. Ainda serão lançados em 2014 (em inglês) o O Guarda, em que vê o pensamento de Aspen, e, mais tarde, The One, que será o 3º livro da coleção. Abaixo, a sinopse do primeiro livro:
Para trinta e cinco garotas, a “Seleção” é a chance de uma vida. Num futuro em que os Estados Unidos deram lugar ao Estado Americano da China e mais recentemente a Illéa, um país jovem com uma sociedade dividida em castas, a competição que reúne moças de dezesseis e vinte anos de todas as partes para decidir quem se casará com o príncipe é a oportunidade de escapar de uma realidade imposta a elas ainda no berço. É a chance de ser alçada de um mundo de possibilidades reduzidas para um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha.
Para America Singer, no entanto, uma artista da casta Cinco, estar entre as Selecionadas é um pesadelo. Significa deixar para trás Aspen, o rapaz que realmente ama e que está uma casta abaixo dela. Significa abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer. E viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes.
Então America conhece pessoalmente o príncipe. Bondoso, educado, engraçado e muito, muito charmoso, Maxon não é nada do que se poderia esperar. Eles formam uma aliança, e, aos poucos, America começa a refletir sobre tudo o que tinha planejado para si mesma — e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que ela nunca tinha ousado imaginar.
Só posso dizer que o livro é muito mais do que você imagina. Esta foi a coisa que pegou meu tempo e não postei nem segunda nem terça-feira. 
    Kisses

2 comentários

  1. Parece ser legal, mas eu tô louca pra ler mesmo é Simplesmente Ana!
    Vou obrigar a minha colega a me emprestar rçrçr

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou procurar este livro!
      Hahah, você vai gostar!

      Excluir